Dicas para uma boa liderança - assim que funciona o gerenciamento de talentos

Novo tipo de trabalho, geração Y, autogovernança, liderança ágil, participação, coaching executivo - estas são apenas algumas das questões que as empresas e os líderes enfrentam hoje.

Read this article in: Deutsch, English, Português

Estimated reading time:3minutes

Já não é apenas uma questão de branding do empregador, a escassez de trabalhadores qualificados já atingiu muitas empresas e muitas delas se admiram, mesmo com campanhas, porque os talentos não chegam e sim, em muitos casos, vão embora. Os tempos da lábia pura terminaram. 

Os talentos querem mais do que uma colocação, que no final não cumpre com as promessas dos sites e portais coloridos. Eles querem liberdade, a possibilidade de autorrealização e autonomia.

Vou mostrar o que os colaboradores de todas as faixas etárias desejam, hoje em dia, e como a liberdade de ação e liberdade não só pode ser "pregada", mas também pode ser implementada de forma sustentável e credível através de uma boa liderança. 

Participação 

Atualmente, os colaboradores esperam mais oportunidades para pensar e participar. Crescendo em um mundo digital onde tudo pode ser ordenado rapidamente e organizado por clique do mouse, a geração Y não quer ser desnecessariamente manipulada ou controlada no local de trabalho. Tarefas e projetos emocionantes são razões suficientes para escolher um empregador já o comportamento de liderança ruim é motivo para ir embora.

Especialmente os managers intermediários se queixam de subordinação

Ou como um cliente colocou recentemente: "no passado, costumávamos participar da tomada de decisões nas reuniões de gestão, hoje somos apenas subordinados". Portanto, não é de se admirar que, no próximo nível hierárquico, as ordens apenas chegam em vez de se estimular a discussão ou contribuição. Quanto maior e mais global for a estrutura da empresa, menor é a sensação de liberdade.  

Maneiras de sair do dilema - gestão com emoção

Mas há maneiras de sair do dilema. A liderança pode ter sucesso quando os líderes se abrem e compartilham suas emocionais ou mesmo suas próprias preocupações (de negócios) com seus funcionários. Ninguém hoje em dia tem que desempenhar o papel de herói onisciente e se responsabilizar sozinho pela solução de todos os problemas.

Liderança significa gerenciar emoções e isso começa com seus próprios medos, preocupações, desejos e esperanças - é o que chamamos de autogestão.

Ao admitir para si mesmo e para os outros que há pressão vinda de cima para depois trabalhar com seu time em uma solução criativa e inovadora, pode ser uma saída proveitosa. Muitas vezes, os colaboradores não têm problemas com objetivos claros, pelo contrário, eles desejam isso.

O que não cai bem é a falta de liberdade no caminho para atingir o objetivo. Se se trata apenas de seguir as instruções predefinidas, às vezes mesmo sem qualquer sentido reconhecível, a frustração dos funcionários, que desejam contribuir, aumenta significativamente.

Você ficará surpreso com o quanto as pessoas, entusiastas, podem trabalhar em tarefas aparentemente impossíveis se tiverem a liberdade de contribuir para a solução.

A motivação vem da diversão, do desejo de experimentar as coisas, do sentimento de ser reconhecido e apreciado - isto é, emoção pura!

Feedback: pergunte ao seu time se você está bem

Você pode perguntar para a sua equipe o que você exatamente pode fazer para motivá-la. Assim você pode ver onde você e o seu time estão, e o que você pode fazer para melhorar. Aqui você encontra o questionário de feedback com dicas de uso! 

Mais sobre a autora

Ursula Vranken é a fundadora da Digital Leadership Summit; Managing Director da IPA - Consulting, business coach, speaker e LinkedIn Top Voices 2017. Este artigo foi publicado inicialmente no LinkedIn.

 

Se você tiver uma sugestão, mande um e-mail pra gente. 

Obrigada pela leitura! 

 

Wilgen e o time da alugha!

 

#alugha

#doitmultilingual

#UrsulaVranken

 

Sehr guter Artikel! Danke. Es ist genau so wie hier beschrieben. Es sind MITarbeiter und es geht nur gemeinsam.

More articles by this producer

Videos by this producer

MAHLE plant in Mühlacker/Germany

The roughly 3-minute film provides an initial impression of the MAHLE plant and also presents the principles and values that govern the way the team works together on a daily basis. And, of course, it highlights the innovative technologies that find application in the MAHLE thermal management produc