O lado bom da vida - Dança comigo pelo mundo

Uma resenha sobre o filme em que Jennifer Lawrence ganhou o primeiro oscar.

This video is hosted on the YouTube video platform. Therefore, playing this video requires embedding the YouTube video player by YouTube LLC, USA which belongs to Google LLC, USA. By accepting, you agree that we embed their video player, which is able to set third-party cookies, including those used for advertisement and tracking, and may transfer your browser information and IP address to Google servers. For more information, see Google's privacy policy.

Read this article in: Català, Deutsch, English, Español, Português

Estimated reading time:4minutes

Muitos atores, bem-sucedidos, já interpretaram, pelo menos uma vez, em suas carreiras o papel de uma pessoa fisicamente ou mentalmente doente. Com isso, o público pode julgar se o ator ou atriz representa com autenticidade ou não. Às vezes, o filme tem um final feliz as vezes não. Mas o que seria dos filmes se todos os finais fossem iguais? Em "O Lado Bom da Vida" (2012) os dois personagens principais são doentes mentais – com histórias diferentes – e mesmo sem talento para dançar os dois brilham em seus papéis.

Negativo e Negativo resulta em positivo

O adulto Pat Solitano (Bradley Cooper) passou os últimos oito meses de sua vida em uma clínica. No filme, ele é um maníaco-depressivo, e foi internado, contragosto, depois de explodir. Ele pegou sua mulher com o amante, rolou uma briga. e o amante foi espancado. Por decisão da Justiça, ele pode viver em casa, mas não deve chegar perto e nem entrar em contato com Nikki, sua ex-mulher. Mas é exatamente com isto que ele sonha! O telespectador é testemunha do quão Pat é desesperado, perturbado e de como ele repetidamente enlouquece. Mesmo a convivência com seus pais não é fácil, Pet é mais criança do que adulto. Em uma bela noite, Pat é convidado, por amigos, para jantar, lá ele conhece Tiffany (Jennifer Lawrence), também mentalmente instável. Depois da morte de seu marido Tiffany perdeu o emprego e vive sozinha, ela tenta suprir sua solidão por meio de vários casos amorosos. Totalmente equivocada e sem conseguir definir seus sentimentos, Tiffany vê em Pat uma chance para banir seu isolamento, mas ele a rejeita com a desculpa de ser casado com Nikki. Tiffany começa a perseguir Pat, durante suas corridas, e assim nasce uma amizade complicada. Depois de um tempo Pat e Tiffany fecham um acordo. Pat deve participar de um concurso de dança com Tiffany e em troca ela leva uma carta de Pat para Nikki. Pat vê no concurso de dança uma chance para mostrar para Nikki que ele mudou.

Como em qualquer tragicomédia o final feliz é interrompido por um acontecimento, pouco antes do fim. O pai de Pat acredita que a presença física de seu filho, em um jogo de futebol, seja uma garantia de sucesso para o seu time favorito. Por isso, ele aposta todas as suas economias no seu time e envia Pat a uma partida do Philadelphia Eagles. Mas Pet se envolve inocentemente em uma briga e tem medo de ser mandado novamente para a clínica. Os Eagles perdem e o pai de Pat não sabe o que fazer. A solução encontrada é uma aposta dupla: a vitória dos Eagles e a obtenção de pelo menos cinco pontos na competição de dança por Pat e Tiffany. Nikki aparece de surpresa no concurso de dança e Pet vê isso como uma oportunidade para mostrar sua mudança. Tiffany, apaixonada por Pat, enxerga isso como um desastre e afogar suas mágoas no álcool. Pat convence Tiffany, no último segundo, a dançar com ele.

Cinco pontos para Pat e Tiffany?

A cena da dança é definitivamente o destaque do filme! Sem muitas palavras, e mesmo sem muito talento para dança, Bradley Cooper e Jennifer Lawrence criaram uma atmosfera absolutamente única. Esta cena, não só descreve a dança verdadeira entre os dois, de uma maneira especial, mas também mostra o culminar do desenvolvimento de Pat no filme – que começou e fez algo até o fim. Ele não foge, não briga e está em paz consigo mesmo. Tiffany, que normalmente está deprimida, parece feliz quando dança e de quebra os dois obtêm cinco pontos e os Eagles ganham o jogo! Quando Pat está falando com Nikki, Tiffany acredita ser o fim de seu relacionamento com ele, ela se sente frustrada e deixa a competição de dança. Pat sabe, há muito tempo, que a resposta de sua carta não veio da Nikki e sim da Tiffany. Quando ela vai embora, ele a persegue e confessa seu amor por ela.

"O Lado Bom da Vida" é um filme que dá esperança em dias escuros. Bradley Cooper e Jennifer Lawrence desempenham seus papéis com muita autenticidade e o fato, de a cena da dança não ser perfeita, aumenta mais a simpatia por este filme. Sem mencionar que Jennifer Lawrence ganhou seu primeiro Oscar com "O Lado Bom da Vida" ...

Nossa opinião: “Polegar para cima, este filme é incomum”! Claro que você pode ver o trailer em espanhol e em inglês.

Nós desejamos uma boa semana!

Seu time alugha

#alugha

#doitmultilingual

 

More articles by this producer

Videos by this producer

4:00
2:40
1:10
This website uses cookies to ensure you get the best experience on our website. Learn more in our privacy policy.