8 coisas que é melhor não revelar sobre si mesmo no trabalho

Falar sobre si mesmo no trabalho é uma arte e é indispensável para o sucesso. Afinal, não dá para construir vínculos se você não se abre com os seus colegas. Mas tem algumas coisas que é melhor guardar em segredo.

Read this article in: Deutsch, Português

Compartilhar aspectos de sua vida pessoal no trabalho, na medida certa e da maneira certa é uma arte. Falar sobre si mesmo no trabalho é importante para construir vínculos com os demais. Mas tem algumas coisas que é melhor não dividir com ninguém. 

O problema é que você não pode construir uma rede profissional forte se você não abrir com seus colegas. Fazer isso é complicado, porque revelar as coisas erradas pode ter um efeito devastador em sua carreira.

Você precisa ter um limite e tomar cuidado para não atravessá-lo, porque uma vez que você compartilhou algo, não tem como voltar atrás.

TalentSmart testou mais de um milhão de pessoas e descobriu que os escalões superiores dos Top Performer são preenchidos por pessoas com alta inteligência emocional (90% dos Top Performer, para ser exato). A inteligência emocional é o "algo" intangível em cada um de nós. Ela influencia nosso comportamento, como lidamos com dificuldades sociais e tomamos decisões pessoais que produzem resultados positivos.

As pessoas emocionalmente inteligentes são capazes de analisar o comportamento alheio e essa habilidade é fundamental para saber o que pode ser compartilhado socialmente e para saber o que é melhor guardar para si. Tem coisas que podem abalar sua carreira.

Ideologia política

As crenças políticas de uma pessoa estão fortemente ligadas à sua identidade, de modo que uma conversa sobre isso raramente será harmoniosa. Discordar com as visões de alguém no trabalho pode rapidamente prejudicar a imagem positiva que aquela pessoa tinha de você.  Confrontar os valores de alguém é uma das coisas mais ofensivas que você pode fazer. 

Claro que as pessoas têm pontos de vista diferentes sobre política, mas falar da sua opinião política pode atrair ou repulsar as pessoas rapidamente. Mesmo falar de eventos mundiais bem debatidos sem expressar uma opinião forte pode levar a conflitos. As pessoas têm o hábito de basear suas vidas em ideais e crenças e expressar seus pensamentos podem levar a atritos. Você pode ouvir os outros sem impor sua própria opinião, porque ele só toma uma visão contrária das coisas para um conflito. As opiniões políticas estão profundamente enraizadas nas pessoas, a contestação da opinião política de uma pessoa tem mais chances de irritá-la e você não vai conseguir mudar a opinião de ninguém. 

Incompetência alheia

Em qualquer ambiente de trabalho, é comum haver uma pessoa que todos a consideram como a menos comprometida ou eficiente do grupo. Se você não pode demitir ou promover esta pessoa é melhor se calar. Chamar a atenção para a incapacidade de um colega, só vai abrir espaço para a maledicência e pode parecer uma tentativa insegura de valorizar o seu próprio desempenho. O hábito de falar mal dos outros no trabalho sempre se vira contra o agressor: se você não controla o seu próprio veneno, mais cedo ou mais tarde se tornará o alvo da vez.

Salário

Seus pais podem ficar felizes em saber quanto você ganha por mês, mas no local de trabalho isso é negativo porque nem todas as empresas têm uma política estruturada de remuneração gerando um forte sentimento de injustiça. A partir do momento em que você e seu colega souberem quanto cada um ganha, vocês nunca mais se verão da mesma forma. Dependendo de quanto você ganha, tudo o que você fizer no trabalho será visto como algo inadequado para a sua faixa salarial. 

Odiar o seu emprego

A última coisa que uma pessoa quer ouvir no ambiente de trabalho é o quanto um colega odeia o que faz. Fazer isso deixa você mal visto e com fama de ser uma pessoa negativa e que não sabe trabalhar em equipe. Isso reduz a moral do grupo. Os chefes são rápidos em perceber quem são as pessoas que estão deprimindo o ânimo da equipe com reclamações. É melhor conter suas queixas, para não ser substituído por alguém bem-humorado.  

Vida sexual

Compartilhar com colegas se você é bom de cama ou não é sempre uma péssima ideia. Comentários sobre sua vida sexual podem provocar algumas risadas, mas muita gente vai se sentir desconfortável ou até ofendida. Cruzar essa linha vai ferir instantaneamente a sua reputação. 

Vida sexual alheia 

O mesmo vale para a vida sexual alheia. Bem, 111% de todas as pessoas com quem você trabalha não gostariam de saber que você acha que elas são boas de cama. O fato de você pensar na vida sexual de um colega os assusta. Quem faz perguntas ou comentários sobre a intimidade dos outros no trabalho pode ser visto como alguém invasivo, pouco confiável ou até assustador.

Seus pensamentos são privados. Pense o que você quiser, mas mantenha isso só pra você.

Acontecimentos do passado

O seu passado diz muito sobre você. Nem todas as pessoas não vão acreditar que você mudou e amadureceu depois de saberem que você fez brincadeiras estúpidas, ainda quando era estudante, como se embriagar em festas, dirigir embriagado ou atém mesmo roubar pequenos objetos. Isso mostra que estas decisões estavam certas, naquele momento, para você. Mas se você for julgado e tiver que assumir a responsabilidade, essas decisões irão mostrar que você não sabe até onde vão os limites. Os políticos são um bom exemplo, muitos presidentes já foram eleitos apesar de seus erros e de histórias absurdas sobre o seu passado. Se você não tem uma equipe de relações públicas para ajudar a limpar e polir sua imagem é melhor guardar segredo do seu passado.  

Planos de mudar de emprego

Quando criança, cometi o erro de contar para o meu treinador de beisebol que ia abandonar o time dentro de duas semanas. Durante todo aquele período, enquanto os demais jogavam e se divertiam, fiquei no banco de reservas e quando optei em ficar no time fui rotulado como “o menino que não queria ficar”. Fiquei arrasado, mas foi minha culpa. Eu tinha anunciado minha decisão ir, sem ter certeza. A mesma coisa acontece na sua vida profissional, se você revelar para os outros que você está procurando outro emprego, você se torna uma perda de tempo para todos os outros. Além disso, você não pode encontrar uma nova ocupação, então é melhor esperar. Caso contrário, você vai para o banco de reservas.

Resumindo

Você já percebeu, como uma dessas questões já causou problemas para algumas pessoas no seu trabalho? Você adicionaria mais alguma questão?

Compartilhe seus pensamentos nos comentários, porque todos podemos aprender uns com os outros.

O autor

Dr. Travis Bradberry  é o premiado co-autor do # 1 best-seller "Emotional Intelligence 2.0", e co-fundador da TalentSmart. Seus best-sellers foram traduzidos para 25 idiomas e estão disponíveis em mais de 150 países. Dr. Bradberry já escreveu artigos ou foi entrevistado por meios de comunicação como Newsweek, BusinessWeek, Fortune, Forbes, Fast Company, Inc., USA Today, The Wall Street Journal, The Washington Post e The Harvard Business Review. O artigo foi publicado inicialmente no Linkedin. 

Envie sua sugestão de artigo pra gente por e-mail.

Wilgen e o time da alugha!

#alugha

#doitmultilingual

#Travis Bradberry 

More articles by this producer

Videos by this producer

4:00
2:28
1:10
This website uses cookies to ensure you get the best experience on our website. Learn more in our privacy policy.