McLintock!

McLintock! é um filme estadunidense de 1963 do gêneros Western e Comédia, dirigido por Andrew V. McLaglen. Vagamente baseado na peça de Shakespeare A megera domada. Richard Wormser escreveu a romantização do roteiro, de autoria de James Edward Grant. Produção da Batjac Productions (de propriedade de John Wayne) para a United Artists. É contado alguns dias da vida atribulada do poderoso barão do gado George Washington McLintock, dono de metade da cidade de McLintock e de todo o gado e terras da região. Sua esposa saíra do rancho há dois anos por suspeita de adultério dele e agora volta pedindo a assinatura do divórcio, no momento em que a filha também retorna para a casa, depois de ter estudado em faculdade de Nova Iorque. McLintock e a esposa ainda se gostam, mas não admitem. Além da família, o rancheiro ainda ajuda dois imigrantes, mãe e filho, dando-lhes empregos, e remanescentes de índios Comanches, antigos inimigos mas que agora se respeitam mutuamente. Os problemas e as confusões irão ser resolvidas no feriado de 4 de julho, comemorado por toda a cidade. Mais na Wikipedia : https://pt.wikipedia.org/wiki/McLintock!

LicensePublic Domain

More videos by this producer

Meet John Doe (1941)

Fired reporter Ann Mitchell prints a fake letter from unemployed "John Doe," who threatens suicide in protest of social ills. The paper is forced to rehire Ann and hires John Willoughby to impersonate "Doe." Ann and her bosses cynically milk the story for all it's worth, until the made-up "John Doe"

The Ape Man

The Ape Man is a 1943 horror–science fiction film directed by William Beaudine and starring Bela Lugosi. The film follows the tale of a part human part ape. An in-title-only sequel Return of the Ape Man followed in 1944 and starred Lugosi, John Carradine and George Zucco. Dr. James Brewster (Bela

The Little Princess

The Little Princess is a 1939 American drama film directed by Walter Lang. The screenplay by Ethel Hill and Walter Ferris is loosely based on the 1905 novel A Little Princess by Frances Hodgson Burnett. The film was the first Shirley Temple movie to be filmed completely in Technicolor.[2] It was als