Conteúdo multilíngue pode ajudar nas vendas

O alcance mundial da internet e a quebra das barreiras mostra que umas das tendências do conteúdo de marketing digital é ser adaptado aos diferentes mercados. O que era um negócio local passa a ter potencial internacional.

Read this article in: Deutsch, English, Português

O estudo “não leio, não compro”, só vem reforçar esta ideia e mostra que 56% das pessoas em mais de 10 diferentes países, preferem comprar em suas línguas nativas. Resumindo, quem fala a língua do consumidor tem mais chances de vender o seu produto e serviço. 

Só o inglês não é mais suficiente, dependendo do resultado que se quer alcançar, e resolver a questão do idioma é meio caminho andado. Conversamos com especialistas da área de conteúdo de marketing digital para saber como isso já está sendo implantado em diferentes mercados como nos EUA, Europa e América Latina. 

Demandas nos diferentes mercados

A diretora da consultoria de marketing digital Phoenix Media Web dos EUA, Perla Rossetti, conta que nos EUA há uma preocupação do conteúdo de marketing em outras línguas devido a enorme comunidade de latinos americanos. 

Quando bem empregado, o marketing em outros idiomas pode ser eficiente para conquistar e fidelizar novos clientes. “Fizemos uma série de campanhas nas redes sociais em espanhol, português e inglês, para uma empresa e com isso conseguimos atingir um público, que tinha poder econômico, mas não falava o inglês e crescemos exponencialmente os números de faturamento e portifólios do cliente em 8 meses”. 

Segundo a União Européia, o velho continente tem no total 24 idiomas oficiais. Monika Schulze, nomeada como a CMO mais influente em todo o mundo pela Forbes, fala da importância de aprender a falar a linguagem do cliente e isso só é possível, se você escutar o que o cliente quer. 

Na América Latina há uma demanda dos países em aprenderem a se adaptarem á cultura e a mercados locais. Mas também há startups que já nascem multi idioma e multicultural. Stela Wilderom, da Bunny Consulting, conta que “boa parte dessas empresas já opera com outros idiomas além do português, inglês e espanhol”. 

No Brasil, há muitas empresas que atendem clientes internacionais e que por isso precisam adaptar seus conteúdos a clientes que falam outras línguas. Uma das vantagens de se comprar na sua língua nativa, segundo Lais Cattassini da Teksto é que o cliente sabe que se tiver algum problema ele pode entrar em contato com a empresa e ser compreendido“.

A questão dos idiomas mais demandados está relacionado ao tipo de estratégia e do que se quer alcançar. O inglês domina o mundo dos negócios embora tenha outras línguas, que em quantidade de pessoas que falam são muito importantes. O professor da FGV, Arthur Igreja, explica que a questão do idioma depende do nicho, do tipo de serviço e da expansão geográfica. “Conheço inúmeras empresas que estão preocupadas só com o espanhol, porque conseguem atuar em vários mercados da Flórida e em outros países. Embora o inglês domine o mundo dos negócios - depende muito do target - quem quer fazer marketing de expansão de serviços tem que priorizar as outras línguas”. 

Nós da alugha oferecemos todo suporte que você precisa desde a escolha dos idiomas, passando pela transcrição, tradução, dublagem, hospedagem até chegar na distribuição do seu projeto de vídeo multilíngue. Caso você tenha interesse entre em contato com a gente pelo e-mail. 

Se preferir, crie uma conta gratuita agora e coloque a mão na massa para alcançar o mundo inteiro com seus conteúdos multilíngues!

Obrigada pela leitura! 

Wilgen e o time da alugha! 

#alugha 

#doitmultilingual 

#everyone´slanguage

 

More articles by this producer

This website uses cookies to ensure you get the best experience on our website. Learn more in our privacy policy.
,,