<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1047100852003296&ev=PageView&noscript=1" />
Quantos alfabetos tem o idioma japonês?

Os japoneses usam quatro alfabetos, três deles são alfabeto próprios. O que parece ser complicado para nós é bem normal para os japoneses!

Alugha conversou Mie Nakahiro-van den Berg, leitora de língua japonesa da Universidade de Heidelberg, sobre os diferentes alfabetos do idioma japonês.  

Uma característica da língua japonesa é o seu complexo sistema de escrita. Por que o idioma é complexo?

O quão difícil o idioma é para se aprender, depende do idioma que se aprendeu como língua materna. Dessa perspectiva pode se dizer que um idioma é difícil ou fácil. Para você o nosso sistema de escrita é provavelmente tão complexo, que ele está além da sua imaginação. 

Quantos alfabetos têm o idioma japonês? De onde eles vêm?

Primeiramente, devo mencionar que a escrita japonesa é distinguida em três tipos de caracteres. Primeiro o Kanji, ele representa uma ideia ou conceito. Você provavelmente vocês já viram estes símbolos. Esta escrita parece ser complexa, já que ela é composta por muitos traços, e você se pergunta, Como se escreve isso? O Kanji foi levado da China para o Japão nos meados dos séculos 4 e 5. Até então os japoneses não possuíam uma escrita. Os chineses só possuem e usam uma única maneira de escrever. No entanto, o japonês tem duas variedades do kana: o hiragana e katakana, que é o que vocês chamam de alfabeto. Esses dois tipos de alfabetos são conhecidos como silábicos e cada um deles possui 46 sílabas. Os dois se desenvolveram ao longo dos anos como uma forma simplificada do kanji. Como já mencionei, antes do kanji o Japão não tinha uma escrita própria. embora o idioma já existisse e o sistema de escrita chinês, o kanji, fosse usado no início como fonograma - Manyôgana. 

O hiragana é usado principalmente no japonês moderno para as flexões, partículas, verbos auxiliares e para outras outras palavras. Katakana é como o hiragana, uma forma simplificada do kanji (Manyôgana), desenvolvida pelos monges budistas. O Katakana é usado para expressões estrangeiras, nomes e onomatopeia - figura de linguagem da língua portuguesa.  Rōmaji é o alfabeto latino e é usado para enviar notícias ao exterior.  

Como são usados os diferentes alfabetos? Eles são usados para ocasiões especiais? Você pode nos dar exemplos?

Se você quiser, você pode escrever tudo em hiragana ou katakana, já que eles reproduzem os sons. Isso é possível. Mas ninguém faz isto, por que uma frase ou texto só com kana é difícil de entender. Por exemplo frases japonesas são escritas sem espaço ao contrário do inglês ou do alemão. Além disso, na língua japonesa há muitos homônimos - palavras com a mesma pronúncia. O que facilita o mal-entendido. Portanto é vantajoso usar as três fontes em uma única frase. Isso nos permite ler e entender mais rápido. Isto também contribui com a redução de caracteres.

Por que os japoneses precisam de tantos alfabetos? 

Por que? A evolução da língua quis assim. Como já disse, o kanji sinaliza para os leitores o significado das palavras. É possível entender a composição das palavras do kanji mesmo que não se saiba a sua leitura. Se o leitor conhecer o significado de cada um dos caracteres do Kanji é possível juntá-los e supor o significado. Hiragana é usado para as conjugações. Katakana é usado para expressões estrangeiras, nomes e onomatopeia. 

O que se aprende na escola?

Na primeira série se aprende inicialmente o hiragana, depois o katakana. No primeiro ano, as crianças aprendem 80 caracteres do kanji. No ensino fundamental, que demora 6 anos no Japão, as crianças aprendem cerca de 1.000 Kanji. No ensino médio, que demora três anos, eles aprendem mais 1.130 caracteres. No total 2.136 caracteres são estipulados oficialmente pelo governo para o uso nas escolas, mídias e instituições governamentais. 

Tantos alfabetos não geram confusão na escola? As pessoas mais velhas usam o mesmo alfabeto que as pessoas mais jovens ou as crianças?

Talvez, para as crianças seja surpreendente que um kanji tenha várias leituras e seja lido de forma diferente dependendo da composição. Hoje, as pessoas mais velhas têm um conhecimento maior dos caracteres do Kanji, porque antigamente o kanji era mais ensinado nas escolas e mais usado nos meios de comunicação, como jornais e livros. 

Os alfabetos japoneses têm consoantes e ditongos? Quantos em cada alfabeto?

O alfabeto japonês é uma escrita silábica, portanto não há uma única consoante, exceto para o caractere "n".

Como é a leitura, a forma de ler varia de acordo com cada alfabeto?

Os textos japoneses têm os três alfabetos. 

Quem começa a aprender o japonês, tem que aprender todos os alfabetos? Com qual deles se começa primeiro?

Depende, do quão longe cada um quer ir. Se você for viajar para o Japão ler hiragana e katakana, já ajuda bastante. 

Qual alfabeto as crianças em idade pré-escolar aprendem em primeiro lugar?

Criança em idade pré-escolar aprende geralmente o hiragana. Mas elas não são obrigadas a ler e a escrever antes da escola primária. Os caracteres são ensinados para as crianças na escola.

Qual a recomendação que você dá para quem quer aprender o japonês?

Gostar de aprender.

O time da alugha agradece a Mie Nakahiro-van den Berg pela entrevista!

#alugha

#doitmultilingual 

alughaeducation